• By Costão
  • 6 de fevereiro de 2020

Os 6 erros em planejamento de viagem para você evitar

planejamento de viagem

Os 6 erros em planejamento de viagem para você evitar

1024 684 Costão do Santinho

Fazer um bom planejamento de viagem é essencial para que você possa aproveitar as suas férias sem dores de cabeça. Essa organização antecipada minimiza imprevistos, como falta de reservas em um hotel ou tickets esgotados de uma atração turística. Além disso, ajuda a economizar.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo com os principais erros cometidos na elaboração de um planejamento de viagem. Leia até o final para saber como evitar esses erros comuns e planejar a viagem em família dos sonhos!

1. Não fazer um planejamento financeiro da viagem

Você não deseja chegar nas suas próximas férias sem ter terminado de pagar as dívidas feitas na viagem das férias anteriores, não é mesmo? Por isso, o planejamento financeiro é essencial para que você entenda quais são os limites do orçamento e o que pode ser feito com os recursos disponíveis.

É importante que você faça uma estimativa de todos os custos possíveis durante a viagem: passagens aéreas (incluindo as taxas), hospedagem, transporte na cidade, alimentação, atividades e atrações da cidade, compras, lembrancinhas etc. Coloque tudo numa planilha e acrescente um percentual de 10% a 20% relacionado aos imprevistos financeiros.

2. Não organizar o tempo para aproveitar todos os destinos

Você já voltou de viagem com a sensação de que deixou de visitar algum destino que gostaria de ter conhecido? Ou algum amigo já veio falar com você depois sobre alguma atração que você “não podia ter deixado de ir”? Infelizmente, uma das causas dessa falta de tempo para aproveitar o que a viagem tem a oferecer é a falta de organização.

Para evitar o arrependimento de não ter tido tempo para conhecer um destino desejado por completo, é essencial que você se organize durante a viagem. Faça uma lista com as prioridades de destinos e atrações que você quer conhecer e planeje-se para visitá-los. A criação de um roteiro pode ajudar bastante.

Quando estamos viajando para uma cidade que não conhecemos, é indispensável entender como funcionam os meios de transporte. Dessa forma, podemos estimar quanto tempo levará para chegar de um local até outro. Essa medida auxilia muito na organização da viagem. O Google Maps pode ajudar você nisso, pois ele informa o tempo de deslocamento de acordo com o meio de transporte selecionado nas grandes cidades!

3. Levar coisas demais na mala

Se você está acostumado a viajar com uma mala gigante e pesada, está na hora de repensar os seus hábitos. Além de carregar peso desnecessário, você corre o risco de pagar excesso de bagagem ou até mesmo de perder alguma coisa que não era necessária na viagem.

Antes de fazer as malas para o seu próximo destino, reflita sobre as suas últimas viagens e identifique objetos que você leva normalmente, mas não costuma usar porque não são importantes. Nesse momento, atenção: não confunda com itens que você não usa, mas são essenciais na viagem, como medicamentos para casos de emergência ou uma peça de roupa extra em caso de imprevistos.

Algumas dicas de itens que você deve avaliar a possibilidade de reduzir a quantidade na sua mala: sapatos, tênis, maquiagens e calças. Lembre-se que é importante deixar aquele espaço extra para as lembrancinhas!

4. Não conferir os documentos antes de viajar

Um dos pontos que pode estragar as suas férias é a falta de documentação para viajar. Em casos de viagens internacionais, por exemplo, em que é necessário ter um passaporte com validade acima de 6 meses para entrar em vários países, um erro na documentação pode impedir que você entre no avião. Nesse caso, não tem muita coisa que pode ser feita, já que o novo passaporte leva um tempo para ficar pronto.

Por isso, para evitar que sua viagem tenha que ser cancelada e que você perca o investimento financeiro feito nas passagens aéreas e reservas de hotéis, tenha muita atenção.

Procure nos sites das companhias aéreas quais são os documentos necessários para visitar determinado destino, como passaporte, vacinas, documentos de identificação e carteira de motorista — se você for viajar de carro.

No caso de voos internacionais, também é possível consultar as páginas do governo do país de destino, que costumam ser bem detalhadas.

Uma boa dica é fazer uma cópia de todos os documentos e levá-los em uma pasta na bagagem de mão. Você também pode escanear todos os documentos e salvá-los no seu smartphone.

Faça uma checklist e confira-a mais de uma vez antes de sair de casa.

5. Não fazer reservas nem comprar com antecedência

Se você está viajando em alta temporada e para um ponto turístico bem conhecido, é essencial que você reserva de hospedagem e compra de passeios com o máximo de antecedência. A falta dessa antecipação é um erro que pode gerar estresse na viagem e, inclusive, inviabilizar a visita a algumas atrações.

Dependendo da época e do destino para o qual você vai viajar, é preciso comprar ingressos e reservar hotéis com meses de antecedência. Além de garantir que você terá lugar para se hospedar e atrações para visitar, você pode conseguir um desconto pela compra com antecedência.

Esse ponto se aplica, especialmente, às passagens aéreas. Uma dica é você pesquisar os preços da passagem aérea assim que definir a data e o local de viagem. Se não for comprar na hora, ative um lembrete para que o Google ou outros sites de monitoramento e venda de passagens aéreas possam enviar notificações quando houver um melhor preço. O Kayak e o Skyscanner são dois sites que notificam seu e-mail caso haja aumento ou redução no preço da passagem para o destino e datas que você deseja, por exemplo.

6. Não fazer um seguro viagem

É possível que o maior erro dos planejamentos de viagem seja desconsiderar os possíveis imprevistos. Quem nunca ouviu um caso de amigos ou conhecidos que passaram por grandes dificuldades por falta de um seguro viagem?

Em destinos internacionais, principalmente, em que as regras de plano de saúde e cobertura de custos hospitalares são bem diferentes das do Brasil, o seguro viagem é indispensável para que você não faça uma dívida gigantesca que pode comprometer sua vida financeira durante muito tempo.

Ao evitar os erros de planejamento de viagem apresentados neste artigo, há grandes chances de que não tenha problemas nas suas férias e, assim, possa desfrutar ao máximo da viagem com sua família.

Se você gostou deste conteúdo e o achou útil, compartilhe-o nas suas redes sociais e ajude a difundir os cuidados que devem ser tomados para que todos tenham uma viagem excelente!

Leave a Reply