• By Costão
  • 24 de setembro de 2019

História de vida: mais do que um resort, uma segunda casa

História de vida: mais do que um resort, uma segunda casa

1024 683 Costão do Santinho

Como o Costão do Santinho teve papel importante na recuperação de um câncer

Vitória. Pode parecer clichê, mas ela não poderia ter outro nome. Vitória Vargas tem 14 anos, é natural de Canoas (RS) e já venceu um grande vilão: o câncer. Ela teve Linfoma de Hodgkin, doença que se origina no sistema linfático, conjunto de órgãos e tecidos que produzem as células responsáveis pela imunidade. Foram seis meses de quimioterapia e outros cuidados especiais. Por estar com a imunidade baixa, Vitória não podia sair de casa, nem para ir à escola.

Um dos motivos que mais deixou a menina triste foi que a descoberta do câncer aconteceu três dias antes da família sair de férias. O destino da viagem seria o Costão do Santinho. “Já frequentamos o Costão há sete anos. A Vitória fez um grupo de amigos com outros hóspedes e filhos de proprietários de apartamentos do resort. Cancelar a viagem foi bem difícil e ela falava o tempo todo que, quando terminasse o tratamento, queria ir para o Costão”, conta Milene Vargas, mãe da menina.

Desejo atendido

Ao terminar o tratamento do câncer, a família resolveu atender o desejo da filha e passar uma semana no resort. Vitória, a mãe Milene, o pai Leandro e a irmã mais nova Nicole curtiram ótimos momentos no Costão do Santinho. Apesar da menina ainda estar com a imunidade baixa e ter algumas restrições nas atividades ao ar livre e na alimentação, os dias que passaram no Costão foram recompensadores, depois de uma fase tão difícil.

“Foi muito legal ter ido ao Costão pela primeira vez depois de tudo que aconteceu. Mesmo que eu ainda estivesse restrita para fazer algumas coisas, me senti muito bem, pois aproveitei e vi amigas que eu não via há seis meses e que moram aqui”, conta Vitória, que também pôde compartilhar sua experiência com outros hóspedes do resort que viveram histórias parecidas. “Acho que isso confortou ela também, por saber que outras pessoas, que tinham passado por isso, estavam bem”, diz a mãe, orgulhosa da filha.

Uma parte da sua história

Para completar, o Costão do Santinho fez parte de outro momento marcante da sua vida: seus 15 anos, que chegam no dia 30 de setembro. Ela escolheu o resort para ser cenário do seu book fotográfico de aniversário.

O lugar foi escolhido por representar uma parte da sua história, um lugar que ela frequenta desde criança, tem amigos e, claro, pela importância que ele teve no seu processo de cura do câncer. “Para nós, é sempre maravilhoso estar no Costão, mas naquela semana foi ainda mais marcante. Era um momento bem especial para nós e o Costão teve um grande papel na recuperação da Vitória”, conta a mãe.

A próxima estadia de Vitória, seus pais e sua irmã no Costão já está agendada e o pai, Leandro, finaliza com a definição do que representa o resort na vida da família Vargas: “O Costão já virou nossa segunda casa”.

Vitória, Nicole, Milene e Leandro: as portas desta casa estarão sempre abertas para vocês.

Leave a Reply